Compartilhe

Tunísia

Pacotes para Tunisia

Viagem para a Tunísia

Com um litoral contornado por areias cor de marfim e perfumado pela brisa marítima que trás o cheiro dos jasmins, a Tunísia é um destino privilegiado para aproveitar férias inesquecíveis de sol e praia, com temperaturas que se mantêm amenas.

Além dos encantos a beira mar, é uma viagem à Tunísia pode ser emocionante, onde culturas distintas e paisagens exóticas podem ser exploradas em poucos dias. Ao passo que o norte apresenta lagos repletos de flamingos cor-de-rosa, surpreendentes florestas verdejantes e planícies pontilhadas por oliveiras, o sul se caracteriza pela marcante paisagem do deserto do Saara, que se estende rumo ao interior africano, além das fronteiras nacionais.

Ao longo da história, o território tunisiano foi controlado por romanos, bizantinos, árabes e franceses. Cada um destes povos deixou marcas, evidenciadas pela arquitetura das construções históricas, muitas delas intactas, como El Jem, o segundo maior coliseu do Império Romano. A capital, Tunis, se remodelou como uma moderna e ambiciosa cidade árabe, mas ao mesmo tempo, o passado colonial otomano ainda tem forte presença.

Caminhar pelas ruas de qualquer cidade tunisiana é descobrir aspectos inusitados da vida cotidiana, se deparar com paisagens estonteantes e construções de beleza impar, descobrindo todos os elementos desta misteriosa atmosfera.

 

Pacotes para a Tunísia

Confira nossa seleção dos pacotes para a Tunísia mais procurados. Para outras opções, entre em contato com um de nossos consultores de viagem. Trabalhamos tanto com pacotes quanto com roteiros personalizados.
 
Tunísia (somente terrestre) Clique aqui
Destinos: Tunis, Cartago, Sidi Bou Said, Kairouan, Gafsa, Tozeur, Nefta, oásis de montanha de Chebika e Tamerza, Douz, Matmata, Medenine, Djerba, Guellala, Houmt Souk, Gabes, zona da praia.
Duração: 07 noites
Valor referência: a partir de US$ 750 por pessoa em apto. duplo.

Tunísia com acampamento no Saara (somente terrestre) Clique aqui
Destinos: Sousse, Matmata, Deserto do Saara (acampamento de luxo), Douz, Tozeur, Nafta, oásis de montanha de Chebika e Tamerza, Kairouan, Tunis, Cartago e Sid Bou Said.
Duração: 07 noites
Valor referência: a partir de US$ 1.290 por pessoa em apto. duplo.
 
ATENÇÃO: os preços dos pacotes de viagem para a Tunísia aqui apresentados são apenas referenciais, “a partir de”, em dólares (US$), por pessoa, sujeitos a alterações no momento da reserva. Para maior exatidão de preços, solicite uma cotação a um de nossos consultores de viagem para a data desejada.
 

Geografia da Tunísia

A Tunísia é um país situado ao Norte da África, banhado pelo mar mediterrâneo. Tem como países limítrofes a Líbia, ao Sudeste, e Argélia, ao Oeste. Apesar de ocupar apenas uma pequena fatia territorial de 163.610 km², tem história e diversidade natural dignas de um país de proporções bem maiores.
 

Idiomas da Tunísia

Apesar de toda sua pluralidade, a Tunísia é o mais homogêneo em termos de linguagem dentre os países da região Mahib. Quase toda a população de cerca de 10 milhões de habitantes falam o árabe tunisiano, também conhecido como Darija. Muitos também são alfabetizados no árabe tradicional, o idioma oficial do país, e em francês.
 

Turismo na Tunísia

Recebendo cerca de 7 milhões de visitantes todos os anos, o turismo na Tunísia exerce papel importante na economia nacional, gerando aproximados 370 mil empregos e ocupando uma fatia de 7% do produto interno bruto.

Os resorts são extremamente populares, principalmente entre os turistas europeus, mas há outras opções de hospedagem com todo o charme colonial para aqueles que desejam maior imersão na atmosfera local.

 

Destinos da Tunísia

O que visitar na Tunísia? Confira abaixo seus principais destinos e atrativos:

Túnis
Cartago
Sidi Bou Said
Dougga
Kairouan
Deserto do Saara
El Jem

 

Túnis

Capital e maior cidade da Tunísia, Tunis se estende pelo golfo do mar mediterrâneo e pelas colinas que a cercam.

A cidade, uma vez parte do império cartaginês, hoje mescla os vestígios de sua origem milenar com o desenvolvimento e estrutura adquiridos na modernidade. Exemplo deste contraste é a antiga medina (área tradicional, comum em muitas cidades do Norte africano), um enclave do passado em meio à paisagem pós-colonial.

Outros fragmentos de tempos remotos podem ser encontrados nos museus de Tunis. As instalações do Museu Nacional de Bardo já contam parte desta história por si só, ocupando um castelo da era otomana, datado do século XIII. Sua coleção é famosa por reunir inúmeros mosaicos romanos, mas também conta com itens de outros períodos, desde a pré-história.

Dar Ben Abdala, ou Museu do Patrimônio Tradicional, é um pequeno, mas interessante museu de cultura popular. Localizado na medina, em um palácio do século XVIII, o museu aborda a vida cotidiana dos comerciantes do período colonial otomano. O acervo é constituído por peças como cerâmicas, enfeites de estuque, vestimentas e mobiliário.

 

Cartago

Fundado pelos fenícios, Cartago foi um dos grandes impérios da história da humanidade e berço da atual Tunísia. Apesar da história fascinante e do domínio que exercia na região, os cartagineses resistiram ao ataque romano durante a denominada Terceira Guerra Púnica.

Os vestígios desta incrível civilização se mantêm vivos até hoje, a poucos quilômetros de Tunis. Um ótimo ponto para iniciar a visita é o topo do Monte de Byrsa, de onde se pode ter uma boa vista panorâmica de todo o sítio.

Ao Oeste de Byrsa estão localizadas as ruínas do Anfiteatro Romano, um dos maiores construídos durante o império. Atualmente, não se pode ter a noção exata de sua grandeza, uma vez que a maioria das pedras que compunham sua estrutura foram retiradas para serem utilizadas em outros projetos dos séculos posteriores. Apesar disto, o local ganha nova vida anualmente no meses de julho e agosto, quando recebe um importante festival de música local.

Logo abaixo da margem do rio estão as Termas de Antônio Pio, que impressionam por seu tamanho, não devendo nada à sua contemporânea italiana, as Termas de Caracalla.

 

Sidi Bou Said

A vila de Sidi Bou Said é capital da província de mesmo nome. Seus mais famosos atrativos são as casas construídas no estilo árabe-mourisco e pintadas homogeneamente nas cores branca e azul.

Hospedar-se por aqui não é comum, mas, localizada a 20 km de Tunis, a cidade atrai turistas de localidades próximas, principalmente aqueles que desejam fazer compras nas inúmeras lojas que se espalham pelas estreitas ruas.

Para os viajantes que desejam absorver mais da cultuara local, vale a pena uma visita ao Family House, uma antiga casa transformada em um museu que mostra a vida de um advogado tunisiano do século XVIII e hoje é mantido pelos seus descendentes. Outro ponto de interesse são os cafés árabes tradicionais.

 

Dougga

Situada no interior montanhoso da Tunísia, a cerca de 500 metros acima do nível do mar, Dougga abriga um sítio arqueológico com ruínas tipicamente romanas em uma área de 65 hectares.

Por considerá-la a cidade romana em melhor estado de conservação no Norte da África, a Unesco qualificou Douga como patrimônio da humanidade no ano de 1997. Dentre as ruínas, destacam-se o Capitólio, as Termas e o Mausoléu.

O Capitólio, dedicado a tríade capitolina (Juno, Júpiter e Minerva), data do século 2 a.C. e encontra-se excepcionalmente preservado. Uma série de onze escadarias leva a entrada frontal, ornamentada por colunas de oito metros de altura. Dentre as principais esculturas aqui encontradas, estão o frontão do imperador Antônio Pio e a estátua de Júpiter.

Três Termas romanas foram completamente escavadas em Dougga e uma quarta está parcialmente descoberta. Dentre as completas, a primeira é denominada "A Terma da Casa ao Oeste do Templo de Tellus" e pertencia a uma casa particular; a segunda, "Terma Luciniana", era provavelmente aberta ao público, julgando pelo seu tamanho; já a terceira, a "Terma dos Ciclopes", tem sua natureza exata mais difícil de se identificar. A quarta e ainda não totalmente explorada chama-se "Terma de Ain Doura" e e acredita-se que ao termino de sua escavação será a maior de Dougga.

Tanto o Capitólio, quanto o as Termas são exemplos da arquitetura Romana, mas o Mausoléu é uma das raras amostras do estilo real da civilização numídia, um antigo reino bárbaro que acabou como uma província romana.

Calcula-se que esta tumba de 21 metros de altura foi construída no século II a.C. O local já foi conhecido como Mausoléu de Atban, figura de quem se sabia apenas o que estava nas inscrições das paredes de pedra: "filho de Lepmatath e Paul". Porém, descobertas recentes revelaram que na verdade o Mausoléu se trata do local de descanso de um príncipe numídeo e os nomes encontrados anteriormente eram apenas daqueles que trabalharam no processo de construção.

 

Kairouan

Fundada em 670, Kairouan floresceu sob a dinastia Aghlabid, no século 9. Apesar da transferência da capital política para Tunes, no século 12, Kairouan permaneceu a principal cidade sagrada da região Mahib.

O seu rico patrimônio arquitetônico inclui a Mesquita de Sidi Okba, o Mausoléu de Sidi Abid e outros inúmeros achados arqueológicos.

Referência no estilo de construção islâmico, a Mesquita de Sidi Okba é e quarta mais visitada do mundo, o que levou-a a ser conhecida também como A Grande Mesquita. A entrada dos não mulçumanos é proibida, mas as portas são mantidas abertas, possibilitando uma espiada no interior composto por 17 corredores, sustentados pelas 414 colunas de mármore maciço.

 

Deserto do Saara

Segundo maior deserto do mundo (perdendo apenas para a Antártica), o Saara se estende por quase todo o Norte da África, ocupando uma área superior a nove milhões de quilômetros quadrados.

Na Tunísia, é o bioma predominante em todo o Sul do país. Uma ótima opção para apreciar esta paisagem é em uma viagem com todo o conforto do trem Lezard Rouge, que passa entre os incríveis canyons do deserto.

Para os cinéfilos, uma curiosidade pode ser especialmente interessante: diversas paisagens do Saara tunisiano foram cenário da série de filmes "Star Wars", de George Lucas. Uma destas locações é lago salgado Chott El Jerid, considerado a porta de entrada do deserto.

Por fim, uma visita ao Saara não estaria completa sem o tradicional passeio de dromedário pelas dunas. Esta é uma das muitas opções de entretenimento do Acampamento Pansea, que também oferece centro de massagem, piscina e barracas com ar-condicionado e banheiro privativo.

 

El Jem

A cidade de El Jem originou-se da antiga cidade romana de Thysdrus, uma das mais importantes do Norte da África, depois de Cartago. O local é famoso por seu coliseu, considerado patrimônio da humanidade pela Unesco.

Esta imensa estrutura construída no século III d.C. tem capacidade para 35 mil espectadores. Apesar de inferior em tamanho ao emblemático coliseu de Roma, as estruturas de El Jem se mantêm em melhor estado de conservação. Este é mais um dos pontos turísticos tunisianos que chegaram às telas de Holllywood. O local foi set de filmagem do filme ganhador do Oscar, Gladiador.

 


ViaBr - Agência de Viagem e Turismo

R. Dr. Costa Junior, 564 - Perdizes - São Paulo - SP - CEP: 05002-000
Tel.: (11) 2124-9898 | Fax: (11) 2124-9859 | contato@viabrturismo.com.br

ViaBR Turismo no Google Maps

Embratur: SP.10-04691493000104 | Abav: N°1769 | Cadastur: N°26.027291.10.0001-3
© 2003-2016 ViaBr Turismo & Eventos SC Ltda. Todos os direitos reservados.